17/04/2017 10:59

Depressão: doença da vida moderna?

por TTarcitano Assessoria de Comunicação

A depressão não é uma doença da vida moderna, pois sempre existiram pessoas que sofreram com o problema que costumava ser chamado de melancolia, desde a época de Hipócrates, há 20 séculos. Atualmente, existe um aumento de casos devido a vários fatores, principalmente o hereditário e as modernas tecnologias, pois se vende muito a imagem do feliz, do realizado. A criança, sem ter um olhar crítico, acaba sendo massacrada pela sociedade que visa somente o desenvolvimento do lado externo e não se preocupa com o interno, com as diferenças de personalidade. Todos acabam sendo taxados de depressivos.

Nem todos que tomam remédios controlados para combater a depressão, hoje em dia, são depressivos, mas possuem insatisfação, tristeza em grau tolerável, fobias, síndrome do pânico, traumas  de perda não processados, entre outros transtornos emocionais e mentais que não necessitariam de tais tratamentos.

Todavia, existem personalidades que estão mais predispostas à depressão profunda, como doença grave, que pode ser sido gerada por meio de um acidente de carro, da perda de um ente querido, como exemplo. Estas pessoas possuem uma capacidade de resiliência emocional diferenciada e, por isso, a depressão se agrava tanto a cada crise.

A homeopatia conta com uma imensa gama de personalidades que chamamos tuberculínicas, que possuem esta diferenciação até mesmo nas sinapses, com menor produção dos neurotransmissores responsáveis pelo equilíbrio da sensação de bem-estar, de alegria etc. Nestes indivíduos o tratamento homeopático deve ser bem específico através do reequilíbrio dos hormônios, melhorando a alimentação e reeducando-a de modo geral.

Deve ser tocada a origem da predisposição que pode ter sido aumentada no progenitor pelo uso de produtos químicos, de álcool, drogas lícitas e ilícitas, traumas do meio etc. Cada caso é diferente, cada um com seu grau, com suas dificuldades, mas também com suas individualidades promissoras. E é por meio destas, das suas respectivas memórias herdadas ou guardadas, das suas expectativas de traçar um novo rumo à vida, que devemos começar a ajudar com a homeopatia a traçar este novo caminho, respeitando o tempo de cada um.

De forma genérica, sugiro uma receita que auxilia a reequilibrar traços de depressão, seja em crianças, adolescentes ou adultos. Após, procure um homeopata ou estude a homeopatia, pois, assim, poderá ajudar a outras pessoas futuramente.

1º Mês - Calcarea Phosphorica CH5 - 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 15 dias. Esperar 15 dias

2º Mês - Magnesia phosphorica D5 senão encontrar usar na CH5 - 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 15 dias. Esperar 15 dias

3º Mês - Avena sativa CH5 -  2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 15 dias. Esperar 15 dias

Guarde o vidrinho se sobrar e volte a repetir depois de seis meses ou um ano. Crianças metade do tempo.

Professora Eliete M M Fagundes

cursohomeopatias@terra.com.br      

www.homeopatias.com    

 

Comentários

Digite abaixo seu comentário.

Seu email não será publicado.
Seu comentário passará por moderação do administrador.

Clima


Carregando...
Ops..

Não foi possível carregar informações sobre o clima.

Tentar mais uma vez
Hoje
Próximos dias